Notícias de Beleza

Menina de 10 anos doa o cabelo para peruca de amiguinha com câncer

Tratamento contra um tumor no cérebro fez os cabelos de Bruna caírem e Katherine, de também dez anos, sempre quis doar os cabelos.

menina-cancer

O Fantástico conta a história de uma amizade especial, entre duas garotinhas de dez anos, que até outro dia, nem se conheciam. Uma delas tem câncer. E a outra fez um gesto de solidariedade emocionante.

"Bruna, bem-vinda a bordo. Muito obrigado por dar esse prazer pra todos nós. Esse voo é dedicado a você", disse o comandante do voo.

Sábado de manhã, aeroporto de Viracopos, Campinas, São Paulo. A homenagem do comandante do voo com destino ao Rio não deixa essa passageira ilustre tão à vontade assim.

Bruna: Estou nervosa.
Fantástico: Por quê?
Bruna: Eu nunca andei de avião.

Também nunca esteve no Rio e nunca tinha tido uma amiga tão legal quanto a Kat, que ela vai visitar.
Kat é Katherine. E além de amigas, Bruna e Kat são irmãs de cabelo!

Pra entender como as vidas de Bruna e Katherine se entrelaçaram, o Fantástico volta dois meses no tempo.
O tratamento contra um tumor no cérebro fez os cabelos de Bruna caírem. Quando ela estava internada, o hospital recebeu a visita da trupe de um circo.

Primeira coincidência: Bruna sempre quis ser artista no picadeiro.

"Eu aprendi trapézio, lira, malabares, andar de perna de pau... O tecido também", conta.

Cecília é a mãe de Katherine. Ela é dançarina do circo que visitou o hospital. E convidou todas as crianças pro espetáculo.

Quarta-feira passada, Campinas. Bruna e Kat estão numa loja de perucas.

"Quando eu era pequena, eu quis cortar o cabelo pra poder doar, né? O meu pai nunca deixou. Agora no meu aniversário eu falei: pai, eu cansei, eu quero cortar meu cabelo e doar pra alguém. Aí meu pai, como é que ele vai falar "não"? Aí eu conheci a Bruninha, eu falei: eu quero doar pra Bruninha", conta a menina.

As mechas doadas pela Kat vão servir para a peruca da Bruna. Pra se decidir, ela só precisa experimentar dois modelos.

Sexta-feira, Bruna e a mãe voltam à loja, a peruca está pronta.
"Maravilhosa. Linda, linda. Maravilhosa", disse a mãe de Bruna, Luciana Alves.

A Bruna está super feliz com o visual, mas a Kat, que doou a mecha, infelizmente não pôde acompanhar o resultado. Ele está no Rio de janeiro, onde o circo que a mãe dela trabalha começou uma nova temporada.
Mas nem a distância pode separar as irmãs de cabelo!

No avião, dá tempo de tirar um cochilo. Depois de uma boa descansada no hotel, chega o grande momento.

O Fantástico foi até o circo, onde está a amiga da Bruna. Ela está lá dentro, não sabe de nada. Só a mãe dela foi avisada, tudo mantido em segredo.

Fantástico: Bruna, como é que está? Ansiosa?
Bruna: Estou muito ansiosa. Quero ver se ela vai gostar da peruca com a mecha que ela doou...

Bruna. – E aí, gostou? Ficou bonito?
Mãe da Kat. - Passa a mão pra você pra ver, Kat. É o seu cabelo, flor. Que lindo! Bruninha, você está linda, meu amor! Obrigada, meu anjo!
Paulo. - Aonde está seu cabelo aí?
Kat. - Tipo aqui, ou aqui também.
Bruna. – Atrás.
Kat. - Aqui atrás, embaixo...
Bruna. - É as mechinhas mais claras que tem na dela. Muito obrigado por ter doado mesmo...

Sentada no camarote, Bruna se diverte. Vê acrobacias, mágicas e a mãe da Kat dançando. De repente, vai parar em cima do palco. Ela agora é uma estrelinha do circo.

O show acaba, mas o espetáculo tem que continuar.

Fantástico: Como é que você se sentiu ali?
Bruna: O centro das atenções.
Fantástico: Deu mais vontade ainda de trabalhar no circo?
Bruna: Deu. Espero que não demore.

Se vão trabalhar juntas, ainda não dá pra saber.
Mas a amizade de Bruna e Kat...

Kat. - Que nem cabelo.
Bruna. - Vai crescendo cada vez mais.

menina-com-cancer-dois

 

Fonte: Fantastico