Notícias de Beleza

Diadema promove inspeção em salões de beleza

Estabelecimentos com risco de transmissão de doenças como hepatites são alvo da Vigilância Sanitária

salao de beleza

Ir à manicure ou fazer uma tatuagem pode representar um risco à saúde. Um deles é o de contrair doenças como hepatites tipos B e C. Para evitar esse tipo de situação, o Serviço de Vigilância Sanitária de Diadema vem vistoriando salões de beleza e similares.

Desde o início do ano, 21 estabelecimentos desse ramo foram inspecionados, sendo 17 em salões de beleza e quatro em estúdios de tatuagem e piercing.

Nessas fiscalizações, apenas dois serviços foram autuados. Um salão por reutilização de cera de depilação e um tatuador por processo incorreto de esterilização.

Doenças/ Nas inspeções sanitárias, além de oferecer informações sobre formas de contágio de doenças, a equipe da Prefeitura verifica se a documentação está em dia e se os materiais utilizados e os processos de execução dos serviços estão de acordo com o que determina a lei.

Caso não esteja, os fiscais podem orientar, autuar o estabelecimento, aplicar advertência, multa ou interditar o local.

Além das inspeções, o serviço de Vigilância Sanitária realiza atividades de prevenção junto a profissionais do ramo da beleza nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que recebem o Programa Saúde em Movimento.

Regularização/ Em Diadema, há 52 salões de beleza e similares cadastrados no serviço de Vigilância Sanitária. Desses, 12 foram inscritos agora em 2013.

Para se regularizar, é preciso que o responsável pelo serviço vá à Central de Atendimento, preencha um formulário e entregue documentos como Contrato Social ou Firma Individual Registrado na Junta Comercial do Estado, CNPJ, Inscrição Municipal e documentos do responsável legal.

Rede Bom DiaBUSCA VERSÃO IMPRESSA VERSÃO
IPADSEG
9 SETEMBROBAURUSOROCABARIO PRETOJUNDIAÍABCDMINHA CIDADE
dia a dia
viva
esportes
veículos
classificados
facebooktwitterorkutrssGoogle Maisvoltar a home.dia a dia09/09/2013 14:35Diadema promove inspeção em salões de belezaEstabelecimentos com risco de transmissão de doenças como hepatites são alvo da Vigilância SanitáriaAGÊNCIA BOM DIA

Ir à manicure ou fazer uma tatuagem pode representar um risco à saúde. Um deles é o de contrair doenças como hepatites tipos B e C. Para evitar esse tipo de situação, o Serviço de Vigilância Sanitária de Diadema vem vistoriando salões de beleza e similares.

Desde o início do ano, 21 estabelecimentos desse ramo foram inspecionados, sendo 17 em salões de beleza e quatro em estúdios de tatuagem e piercing.

Nessas fiscalizações, apenas dois serviços foram autuados. Um salão por reutilização de cera de depilação e um tatuador por processo incorreto de esterilização.

Doenças/ Nas inspeções sanitárias, além de oferecer informações sobre formas de contágio de doenças, a equipe da Prefeitura verifica se a documentação está em dia e se os materiais utilizados e os processos de execução dos serviços estão de acordo com o que determina a lei.

Caso não esteja, os fiscais podem orientar, autuar o estabelecimento, aplicar advertência, multa ou interditar o local.

Além das inspeções, o serviço de Vigilância Sanitária realiza atividades de prevenção junto a profissionais do ramo da beleza nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que recebem o Programa Saúde em Movimento.

Regularização/ Em Diadema, há 52 salões de beleza e similares cadastrados no serviço de Vigilância Sanitária. Desses, 12 foram inscritos agora em 2013.

Para se regularizar, é preciso que o responsável pelo serviço vá à Central de Atendimento, preencha um formulário e entregue documentos como Contrato Social ou Firma Individual Registrado na Junta Comercial do Estado, CNPJ, Inscrição Municipal e documentos do responsável legal.

MAIS

Risco à saúde
Algumas das doenças que podem ser transmitidas em salões de beleza e estúdios de tatuagem são AIDS, hepatites, alergias e micoses. O contágio ocorre ao manusear objetos como alicates, agulhas e palitos de unha.

Hepatites
As hepatites tipos B e C são transmitidas pelo sangue. Para evitar riscos de contaminação é preciso que o estabelecimento atenda algumas exigências como a esterilização de alicates e outros equipamentos em estufas e o uso de itens descartáveis como agulhas e palitos de unha. Denúncias podem ser feitas pelos telefones 4043 8203 e 4043 8216.

Crescimento
De acordo com a Secretaria de Saúde de Diadema, houve aumento de 30% nos casos de hepatites B e C nos últimos anos.

 

 

Fonte: Rede Bom Dia