Aviso
  • Lack of access rights - File '/images/stories/2013/outubro_/Brasil-é-o-terceiro-mercado-mundial.jpg'
  • Lack of access rights - File '/images/stories/2013/outubro_/Brasil-é-o-terceiro-mercado-mundial.jpg'

Notícias de Beleza

Brasil é destaque no mercado de beleza mundial

Brasil-é-o-terceiro-mercado-mundial

A máxima de Vinícius de Moraes, de que "beleza é fundamental", está cada vez mais presente entre os brasileiros. É o que indica uma pesquisa de dimensionamento de mercado do Ibope Inteligência. Segundo o estudo, o consumo de produtos de beleza e higiene deve crescer 11% em 2013 em comparação a 2012.

E não para por aí. O Brasil já ocupa o terceiro lugar no ranking de consumo de itens de beleza – Estados Unidos e Japão ocupam o primeiro e segundo lugar, respectivamente. No quesito de produção mundial, a Associação Brasileira de Indústria e Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), indica que o país está na sétima colocação.

Para Roberto Covre, Gerente de Compras da Netfarma (http://www.netfarma.com.br), principal farmácia online do Brasil, esse crescimento também está atrelado ao e-commerce. "As vendas de produtos de beleza pela Internet só tende a crescer. Os consumidores tornam-se, cada dia mais, e-consumidores, ou sejam, já não abdicam da praticidade, segurança e comodidade típicas do comércio online, que tanto facilita a nossa vida", diz.

Dados da e-bit mostram que a tendência de compras via dispositivos móveis e a retomada do crescimento econômico trazem perspectiva de crescimento de 24% para o e-commerce até o final de 2013. Ainda segundo a e-bit, atualmente, dos 43 milhões de e-consumidores brasileiros, cerca de 60% são iniciantes e mulheres. A categoria de beleza e saúde, por si só, foi responsável pelo crescimento de 12% do comércio eletrônico em 2012.

Elas compram mais – Dados do Instituto Popular indicam que os brasileiros, em especial as mulheres, devem gastar cerca de R$ 59,3 bilhões em produtos de higiene pessoal e beleza até o fim deste ano. Se comparado aos números de dez anos atrás, o salto é de 124%.

A empresária paulista Alessandra Shimoto, 26, faz parte do time que concorda com Vinícius de Moraes e que, involuntariamente, ajuda no crescimento deste mercado. Ela gasta cerca de 10% do salário em produtos e tratamento de beleza. "Não é apenas vaidade, cuidar da beleza também melhora a autoestima", afirma.

Sobre a Netfarma - A farmácia online 100% nacional comercializa todos os medicamentos, dermocosméticos, suplementos alimentares, produtos de saúde, fitness, higiene, perfumaria e beleza, para atender às necessidades do consumidor de qualquer lugar do Brasil. Através do site http://www.netfarma.com.br, http://m.netfarma.com.br (para dispositivos móveis) ou do call center (11) 4619-8800, é possível comprar remédios e produtos de saúde com segurança, rapidez, facilidade de compra, melhores preços e serviços e condições especiais de pagamento. Fundada em 2012, a empresa é gerida por um time forte que reúne a visão avançada sobre a área da Saúde e a experiência do mundo digital e de e-commerce.

Fonte: Parana Shop