Notícias de Beleza

Olá, Dr. Google

mulher modernaAquela pulguinha atrás da orelha que não deixa você dormir ao fazer um exame ou sentir uma dor pode gerar ainda mais preocupação e desespero. A ginecologista Lucila conta que muitas pacientes têm a mania de abrir exames e tentar decifrá-los buscando informações na internet.

Com a falta de tempo, muitas também preferem recorrer à grande rede e se automedicar para resolver problemas que teoricamente seriam simples, mas que, segundo a especialista, podem indicar algo mais sério. "Como discernir o que é uma informação confiável sobre uma doença de uma opinião? Sem conseguir diferenciar, a mulher acaba se tranquilizando falsamente, ou o contrário – se estressa sem necessidade e chega apavorada ao consultório por conta de algo que leu em algum site", conta.

A profissional explica que a complexidade do corpo feminino exige um trabalho preventivo constante. "Se ela não mantém seus exames em dia, como o Papanicolau, por exemplo, ela pode desenvolver o câncer do colo de útero, que é um tipo muito comum e que podemos evitar. Com relação ao câncer de mama, a detecção precoce tem a taxa de cura de 95%." Lucila recomenda a visita ao ginecologista uma vez por ano.

 

 

Fonte: Terra