Notícias de Beleza

Vida sexual desregrada

vida sexual

A vida moderna também trouxe algumas vantagens – a libertação sexual das mulheres é uma delas. Mas, para as que não pretendem se envolver em um relacionamento sério e ao mesmo tempo querem levar uma vida sexual ativa, é preciso uma dose a mais de cautela.

De acordo com Daniela, um problema muito recorrente ligado à troca frequente de parceiros é o corrimento. O sintoma pode estar ligado tanto aos hábitos sexuais da mulher quanto ao cansaço e à alimentação inadequada, que diminuem as defesas.

Aparentemente, o corrimento é um problema simples, mas, quando não tratado corretamente, pode se tornar algo mais sério. "O corrimento não pode ser desvalorizado, porque ele pode evoluir para dores pélvicas e, como consequência, comprometer a fertilidade".

As Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) também são as vilãs da mulher que leva a vida sexual desregrada – aids, sífilis e gonorréia são as mais recorrentes. A mulher moderna que se cuida e preza por sua saúde não sai de casa sem camisinhas dentro da bolsa.

Fonte: Terra